"Amar e Servir"

"Fora da caridade não há salvação."
Allan Kardec

Nossa Sede
Estrada do Pau Ferro, 325 - Jacarepaguá - Rio de Janeiro - RJ

Contato
(21) 3392-5700 - (21) 3392-5600

Mensagem em Texto - 14 / outubro / 2017

CULTO DO EVANGELHO NO LAR

Passo a passo para se realizar um “Culto do Evangelho no Lar”

Finalidade: Trata-se de um encontro semanal, sendo previamente marcado o dia e a hora, (devendo ser repetido sempre no mesmo dia e hora da semana) com o objetivo de reunir a família em torno dos ensinamentos evangélicos, à luz do Espiritismo, e sob a assistência dos Benfeitores Espirituais.

  1. Participantes: Podem ser todas as pessoas do lar, inclusive as crianças. Também pode ser feito por apenas uma pessoa da casa.
  1. Roteiro da Reunião:

*Leitura, sem comentários, de uma página de um livro (por exemplo, Pão Nosso, Fonte Viva, entre outros);

*Prece inicial;

*Leitura e comentários de um tópico de O Evangelho segundo o Espiritismo, estudado de forma sequencial;

*Prece de encerramento.

  1. Recomendações: O tempo da Reunião deve ser, no máximo, de 1/2 hora;
  • *evitar a manifestação mediúnica de Espíritos;
  • *pode-se colocar água para ser beneficiada pelos Protetores Espirituais e, após, repartida entre os participantes;
  • *a presença de visita, não deve ser motivo para suprimir a Reunião.
  • *em caso de se perder o dia da reunião em determinada semana, pode-se continuar na próxima;
  • *quando toda a família participa e acontecer de ter uma só pessoa no dia marcado, a reunião deve acontecer normalmente;
  • *em caso de viagem, a família pode realizar a reunião onde estiver;

Quando o ensinamento do Mestre vibre entre as quatro paredes de um templo doméstico, os pequeninos sacrifícios tecem a felicidade comum.

A observação impensada é ouvida sem revolta.

A calúnia é isolada no algodão do silêncio.

A enfermidade é recebida com calma.

O erro alheio encontra compaixão.

A maldade não encontra brechas para insinuar-se.

E aí, dentro desse paraíso que alguns já estão edificando, a benefício deles e dos outros, o estímulo é um cântico de solidariedade incessante, a bondade é uma fonte inexaurível de paz e entendimento, a gentileza é inspiração de todas as horas, o sorriso é a sombra de cada um e a palavra permanece revestida de luz, vinculada ao amor que o Amigo Celeste nos legou.

Fonte: XAVIER, Francisco Cândido. Luz no Lar. Por diversos Espíritos. 8. ed. RJ : FEB, 1997. Cap 1, p. 11-12.

André Luis no livro “Os Mensageiros” (Chico Xavier) retrata da importância da blindagem da nossa casa acompanhe:

“Toda vez que se ora num lar, prepara-se a melhoria do ambiente doméstico. Cada prece vinda do coração, constitui emissão eletromagnética de relativo poder. Por isso mesmo, o culto familiar do Evangelho não é tão só um curso de iluminação interior, mas também processo avançado de defesa exterior, pelas claridades espirituais que acende em torno. O homem que ora traz consigo inalienável couraça. O lar que cultiva a prece transforma-se em fortaleza, compreenderam? As entidades da sombra experimentam choques de vulto, em contato com as vibrações luminosas deste santuário doméstico, e é por isso que se mantêm a distância, procurando outros rumos…”

Compartilhe: Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInEmail this to someone